Oposição do Zimbábue afirma que Mugabe deseja segundo turno para se vingar

A oposição do Zimbábue acusou neste sábado o presidente Robert Mugabe de fazer pressão para que um segundo turno seja realizado como parte de sua estratégia para se recuperar de sua derrota eleitoral de 29 de março, e pediu uma intervenção internacional para evitar a violência.

AFP |

"Para Mugabe, um segundo turno é uma estratégia de vingança", declarou à AFP o principal porta-voz do Movimento para a Mudança Democrática (MCD).

"Foi derrotado, quer ter a chance de se vingar", acrescentou.

O MCD proclamou seu líder, Morgan Tsvangirai, vencedor das eleições de sábado passado, apesar de o resultado oficial ainda não ter sido divulgado.

fj/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG