Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Oposição do Quênia ganha três de cinco cadeiras em legislativas parciais

Nairóbi, 12 jun (EFE).- Os candidatos do opositor Movimento Democrático Laranja (ODM), liderado pelo primeiro-ministro do Quênia, Raila Odinga, obtiveram três das cinco cadeiras que foram disputadas nas eleições legislativas parciais realizadas na quarta-feira no país, informaram hoje as autoridades eleitorais.

EFE |

O pleito foi realizado nas circunscrições de Embakasi, Ainamoi, Wajir North, Emuhaya e Kilgoris.

Dois dos legisladores foram assassinados nos ataques políticos e étnicos registrados após a polêmica reeleição do presidente queniano, Mwai Kibaki.

Outras duas cadeiras não puderam ser preenchidas já que as eleições não foram realizadas nos respectivos distritos devido à intimidação dos eleitores pelos partidos rivais.

A quinta vaga surgiu em decorrência da renúncia do presidente da Câmara.

Os observadores eleitorais comemoraram a normalidade com a qual se desenvolveram estas eleições, apesar de temores de se repetir os violentos incidentes que sacudiram o Quênia após a nomeação do último presidente. EFE pa/ma

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG