Oposição desconhece vitória dos sandinistas na Nicarágua

A oposição nicaragüense afirmou nesta terça-feira que não reconhece os resultados oficiais das eleições municipais de domingo passado, vencidas pela Frente Sandinista, e exige a recontagem dos votos na presença de observadores independentes.

AFP |

"Não aceitamos os resultados eleitorais devido às inúmeras anomalias e irregularidades. Vamos solicitar formalmente uma revisão completa dos votos e das atas de votação" por observadores independentes nacionais e internacionais, disse o porta-voz do Partido Liberal Constitucionalista (PLC), Leonel Teller.

O secretário do Parlamento, o liberal Wilfredo Navarro, advertiu que se não houver uma recontagem dos votos, seu partido paralisará todas as instituições do Estado onde tem representantes, incluindo o Poder Judiciário, o Tribunal Eleitoral e a Procuradoria, entre outros.

"Se (o presidente Daniel) Ortega acredita que pode fraudar as eleições, está enganado", disse Navarro.

No início da noite, grupos de sandinistas reunidos em duas praças da capital para comemorar a vitória nas eleições de domingo atiraram pedras em manifestantes liberais que passavam em uma caravana, liderada pelo candidato opositor à prefeitura de Manágua, Eduardo Montealegre.

Os liberais seguiam para a sede da Organização dos Estados Americanos (OEA), no sul da capital, para denunciar as irregularidades nas eleições.

Os incidentes ocorreram nas Praças Inter e Rubén Darío, no centro e no oeste da capital, e não há informações sobre feridos.

Milhares de policiais de choque foram mobilizados nesta terça-feira para evitar manifestações violentas, como as que ocorreram na véspera em Manágua.

jr/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG