La Paz - Os governadores opositores de Beni, Santa Cruz, Chuquisaca e Tarija anunciaram hoje que vão processar o governo de Evo Morales por sua suposta falta de respeito aos direitos do ex-governador regional de Pando Leopoldo Fernández, detido em uma prisão de La Paz.

A decisão foi tomada na cidade amazônica de Trinidad, onde se reuniram o governador de Beni, o anfitrião Ernesto Suárez, e seus colegas de Santa Cruz, Ruben Costas; de Chuquisaca, Savina Cuéllar, e de Tarija, Mario Cossío, informou uma fonte oficial.

Segundo um comunicado da Prefeitura de Santa Cruz, os líderes opositores informaram que a denúncia contra o governo é motivada por sua falta de respeito às leis e pelas detenções "ilegais" que realiza, "como ocorreu com Fernández".

O ex-governador regional de Pando se encontra detido em La Paz acusado de ter violado o estado de sítio decretado em sua região e de ser responsável pelo massacre de 11 de setembro no qual morreram 18 pessoas.

Leia mais sobre: Evo Morales

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.