Oposição da Geórgia afirma ter vencido eleições parlamentares

Tbilisi 21 mai (EFE) - A oposição georgiana reuniu hoje milhares de pessoas no centro de Tbilisi para rejeitar os primeiros resultados das eleições parlamentares, que dão vitória ao Governo, e reivindicar para si o triunfo nas urnas.

EFE |

Dirigentes da Oposição Unificada afirmaram que, segundo seus observadores nos colégios eleitorais, esse bloco teria obtido 34% dos votos, frente a 30% do governista Movimento Nacional Unido, do presidente Mikhail Saakashvili.

De acordo com esses dados, também teriam superado a barreira dos 5% dos votos para ter acesso ao Parlamento os também opositores Movimento Democrata Cristão (9,1%) e os Partido Trabalhista (5,8%) e Republicano (pouco mais de 5%).

Os dados da oposição contradizem os resultados de uma pesquisa de boca-de-urna realizada por quatro organizações georgianas e três internacionais, que deu uma grande vitória ao Governo.

Segundo essa pesquisa, o Movimento Nacional Unido teria obtido 63,1% dos votos, a Oposição Unificada, 14,2%, os democratas cristãos 9,5% e os trabalhistas, 5,7%, enquanto os republicanos não teriam entrado no Legislativo.

A Comissão Eleitoral Central informou que a participação foi de 55% e prometeu que na manhã de quinta-feira divulgará os primeiros resultados oficiais correspondentes a 10% das cédulas apuradas.

A oposição, que acusa as autoridades de fraude, pretendia reunir esta noite até cem mil seguidores no centro de Tbilisi, mas seu protesto coincidiu com a final da Liga dos Campeões transmitida ao vivo pela televisão.

Os principais líderes dos partidos opositores não compareceram ao comício, mas espera-se que alguns se somem à concentração ao fim do jogo de futebol. EFE mv/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG