Teerã, 17 jun (EFE).- A oposição iraniana convocou para hoje novos protestos para pedir a anulação dos resultados das eleições presidenciais da sexta-feira, que considera fraudulentas.

Fontes da oposição indicaram à Agência Efe que os partidários do candidato reformista Mir Hussein Moussavi devem se concentrar a partir das 17h locais (9h30 de Brasília) no sul de Teerã.

Moussavi denunciou uma fraude eleitoral em favor de seu rival, o atual presidente Mahmoud Ahmadinejad, que venceu o pleito em primeiro turno, segundo o Ministério do Interior iraniano.

Desde então, o Irã foi palco de protestos e distúrbios entre a oposição e as forças de segurança - apoiadas por milicianos islâmicos "Basij" - que deixaram pelo menos sete mortos.

Diante da tensão no país, o Conselho de Guardiães - órgão que deve validar os resultados eleitorais - decidiu realizar uma apuração parcial das urnas que apresentem irregularidades, medida que a oposição considera insuficiente. EFE jm/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.