Oposição convoca manifestação em Teerã para lembrar vítimas de protestos

Teerã, 30 jul (EFE).- O líder da oposição iraniana, Mir Hossein Moussavi, pediu autorização ao Ministério do Interior para organizar hoje uma manifestação em Teerã em homenagem às vítimas dos protestos que ocorreram após as eleições presidenciais de 12 de junho.

EFE |

Segundo o site do ex-candidato reformista, "Ghalam News", Moussavi e o outro postulante nas eleições de junho, Mehdi Karrubi, querem realizar esta homenagem às 18h (11h30 de Brasília) na Musala, a grande mesquita de Teerã.

Na solicitação enviada ao Ministério do Interior iraniano, Moussavi e Karrubi afirmam que se trata de uma concentração pacífica, na qual não haverá discursos e na qual os participantes acompanharão durante uma hora e meia a leitura de versículos do Corão.

A cerimônia religiosa servirá de lembrança para "os seres queridos" que perderam a vida durante os protestos pós-eleitorais em Teerã, diz o site.

Depois das eleições presidenciais de 12 de junho, o Ministério de Interior iraniano, apresentou o presidente do país, Mahmoud Ahmadinejad, como o ganhador do pleito, considerado como "fraudulento" por todos os adversários.

Um dia depois do anúncio do resultado das eleições, as principais ruas de Teerã e de outras grandes cidades iranianas foram palco de grandes manifestações que foram reprimidas de forma brutal pela Polícia e pela Basij (milícia islâmica pró-Governo).

Pelo menos 20 pessoas morreram nestes protestos, segundo números oficiais, e milhares de manifestantes foram detidos. Informações não oficiais falam em 100 mortos. EFE msh/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG