Oposição canadense chega a acordo para derrubar Governo de Harper

Toronto (Canadá), 1 dez (EFE) - Os partidos canadenses de oposição anunciaram hoje que chegaram a um acordo para derrubar o Governo do primeiro-ministro, o conservador Stephen Harper, reeleito há menos de dois meses em eleições antecipadas, e formar um Executivo de coalizão pelo menos até meados de 2011. O acordo contempla que Stéphane Dion, o atual líder do Partido Liberal, a maior força de oposição, seria o primeiro-ministro de um eventual Executivo, no qual participaria o social-democrata NDP. Dion tinha anunciado que renunciaria à liderança liberal após os resultados eleitorais de 14 de outubro. O defensor da soberania Bloco Quebequense (BQ), a terceira maior legenda do Parlamento em número de cadeiras, decidiu apoiar com os votos o Governo de coalizão, mas nenhum de seus deputados fará parte dele. A moção de censura deve ser apresentada em 8 de dezembro. Liberais e social-democratas acordaram em manter a coalizão pelo menos até 30 de junho de 2011. O pacto também destaca que os liberais contarão com 18 ministros e os social-democratas, com seis. O ministro das Finanças será um deputado liberal.

EFE |

No Parlamento, o primeiro-ministro acusou os liberais de participar de uma perigosa jogada com o acordo com "socialistas e independentistas".

Harper avisou a Dion de que estava "a ponto de adentrar na maior jogada política da história do país".

O ministro das Finanças, Jim Flaherty, assegurou que os liberais tinham feito um pacto "com o diabo". EFE jcr/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG