Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Oposição bielo-russa critica aproximação entre UE e Belarus

Moscou, 3 out (EFE).- A oposição democrática bielo-russa criticou hoje a decisão da União Européia (UE) de retomar os contatos de alto nível com o regime do país após as eleições parlamentares, em que os opositores denunciam uma suposta fraude.

EFE |

"A decisão não estimulará as autoridades a cumprir suas obrigações internacionais e melhorar a situação política no país", assegurou à Agência Efe Serguei Lebedkó, um dos líderes da oposição democrática bielo-russa.

Segundo foi divulgado hoje, o alta representante de política externa e segurança comum da UE, Javier Solana, se reunirá no próximo dia 13 com o chanceler bielo-russo, Serguei Martínov.

A intenção é "revitalizar um diálogo agora praticamente inexistente", explicou à Agência Efe a porta-voz de Solana, Cristina Gallach.

Lebedkó considera que as consultas entre UE e Belarus deveriam ter um "formato trilateral, com a participação de representantes das autoridades e também da oposição".

"Para que o senhor Martínov viaja a Bruxelas? Não se pode ignorar o que ocorreu no domingo passado. O regime não fará concessões e a UE se arrisca a perder a simpatia dos bielo-russos que defendem os valores democráticos europeus", assinalou.

Segundo o opositor, cerca de 20 deputados alcançaram os votos necessários para chegar ao Parlamento, mas a Comissão Eleitoral Central manipulou os resultados.

Além disso, ele denunciou que nos últimos dias "um candidato opositor foi despedido de seu trabalho e outro teve suas terras confiscadas". EFE io/rr

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG