Oposição apóia fim de mandato de Préval, mas quer Governo plural no Haiti

Porto Príncipe, 3 fev (EFE).- Partidos de oposição do Haiti se manifestaram hoje favoráveis que o presidente do país, René Préval, finalize seu mandato, mas consideraram que o novo Governo deva incluir membros de outras forças políticas devido à situação da nação caribenha após o terremoto de 12 de janeiro.

EFE |

"O melhor é que o presidente Préval termine seu mandato e que reforce seu Governo com elementos de outros partidos" disse em declarações à Agência Efe Rony Smarth, membro da Organização do Povo em Luta (OPL).

Representantes da OPL, da Fusão dos Social-democratas e de Convenção Democrática se reuniram hoje para homenagear as vítimas do terremoto e lembrar os membros de suas organizações mortos na catástrofe.

Smarth estimou que se as eleições presidenciais previstas para novembro não ocorrerem e não for possível renovar a Presidência até fevereiro de 2011, uma solução poderia ser a formação de um Governo provisório incluindo os membros de todas as forças políticas, até que houvesse possibilidade de realizar uma eleição.

"Está claro que não se pode falar no curto prazo em eleições", disse Smarth em referência à renovação do Parlamento e a escolha do novo presidente.

O Conselho Eleitoral Provisório (CEP) anunciou ontem o adiamento das eleições legislativas previstas para 28 de fevereiro e 3 de março devido aos prejuízos causados pelo terremoto aos prédios do órgão eleitoral e nas sedes de votação.

Sobre a situação como o Governo haitiano conduziu a crise, Smarth disse que o Executivo "não foi capaz de responder, algo que o próprio primeiro-ministro reconheceu. Não é nada do outro mundo, é consequência da desarticulação durante anos do país, que o Governo de Préval herdou".

O político social-democrata considerou que Préval tem de começar "a colocar ordem e fazer pelo povo".

Criticou também à comunidade internacional pela má distribuição da ajuda após o terremoto. EFE jlp/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG