Operações terminam com prisão de 70 supostos insurgentes no Iraque

Bagdá, 21 jun (EFE).- Pelo menos 70 supostos insurgentes foram presos entre ontem e hoje em várias operações das Forças de Segurança iraquianas e do Exército dos Estados Unidos no sul e no centro do Iraque, informam fontes policiais e do comando militar americano.

EFE |

Fontes policiais citadas pela agência de notícias independente iraquiana "Aswat al Iraq", anunciaram que pelo menos 65 supostos rebeldes foram detidos hoje na região de Al Shatra, no norte da cidade de Nassiriya, 370 quilômetros ao sul de Bagdá.

"Durante a batida vários tipos de armas foram apreendidos", explicou à agência o porta-voz da Polícia.

Além disso, a fonte afirmou que durante a realização desta batida aconteceu uma grande ofensiva do Exército iraquiano contra a insurgência em Maysan.

Por outro lado, o comando militar dos EUA anunciou hoje a captura de cinco supostos membros de "grupos especiais" em Bagdá e em Hilla, cerca de 180 quilômetros ao sul da capital, em várias operações desenvolvidas nas últimas 24 horas.

O Exército americano chama de grupos especiais as milícias xiitas ligadas à Guarda Revolucionária do Irã.

Em Hilla, os soldados dos EUA prenderam dois supostos rebeldes, um deles líder de um grupo especial acusado de recrutar e formar milicianos na região, além de ser responsável por vários ataques.

Em outra batida no nordeste de Bagdá, os militares detiveram outros três supostos insurgentes e apreenderam um grande número de armas. EFE am/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG