Operação no Daguestão termina com cinco guerrilheiros e um civil

Moscou, 4 set (EFE).- Cinco guerrilheiros e um morador de Khasaviurt morreram hoje durante uma operação especial nesta cidade, informaram as forças de segurança da república russa do Daguestão, que faz fronteira com a Chechênia.

EFE |

Agentes do Ministério do Interior e o Serviço Federal de Segurança isolaram uma casa na qual estava um grupo de guerrilheiros.

"Três guerrilheiros morreram ao tentarem passagem através de um cordão" policial, afirmou um porta-voz citado pela agência oficial russa "RIA Novosti".

Outros dois, que continuavam na casa, foram mortos posteriormente.

Segundo o Ministério do Interior do Daguestão, vários cúmplices dos guerrilheiros tentaram atacar as forças de segurança para desviarem a atenção da região na qual estava sendo realizada a operação especial.

"Acionaram alguns explosivos de fabricação caseira perto do carro da Polícia, mas ninguém saiu ferido", declarou o porta-voz.

Durante a operação especial, morreu um morador da cidade que estava no local do tiroteio, enquanto dois policiais e outros moradores ficaram feridos.

Daguestão, uma das sete repúblicas russas no Cáucaso Norte, se transformou em palco de freqüentes ataques contra policiais e militares que as autoridades atribuem a extremistas islâmicos que apóiam a guerrilha da vizinha Chechênia e as máfias locais. EFE egw/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG