Operação militar e ataque matam 14 militantes e 2 soldados no Afeganistão

CABUL - Pelo menos 14 supostos militantes e dois soldados da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) morreram em uma operação militar e em um ataque registrados nas últimas 24 horas no sul do Afeganistão, informaram neste sábado fontes oficiais.

EFE |

O porta-voz do governador da província afegã de Helmand, Dawoud Ahmadi, disse à EFE que uma força conjunta das tropas afegãs e da Otan lançou uma ofensiva ontem à noite contra um refúgio dos insurgentes no distrito de Nad Ali.

Ahmadi acrescentou que a operação não deixou vítimas entre os efetivos da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf), sob comando da Otan, nem entre o Exército afegão.

Em comunicado, a Aliança Atlântica informou que dois soldados americanos enquadrados na Isaf morreram neste sábado por causa da explosão de uma bomba de fabricação caseira no sul do país, sem dar mais detalhes.

A insurgência taliban, que tem seus redutos mais significativos no terço meridional do Afeganistão, ataca com frequência tanto as tropas afegãs quanto as internacionais.

Leia mais sobre Afeganistão

    Leia tudo sobre: afeganistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG