Operação entre Brasil e Itália prende membros de rede de tráfico de mulheres

Roma, 30 abr (EFE).- Uma operação conjunta entre as Polícias do Brasil e da Itália prendeu membros de uma rede de tráfico de mulheres para prostituição que operava nos dois países.

EFE |

Em comunicado, a Polícia italiana qualifica de "importante" a operação, que ainda continua, mas não divulgou nem o número de presos nem suas identidades.

A operação, chamada no Brasil de Maria Madalena, foi montada para agir contra uma "grande organização criminosa de tráfico de seres humanos para destiná-los à prostituição na Itália", diz a nota.

O grupo criminoso custeava a viagem entre Brasil e Itália, alocava as mulheres em apartamentos para se prostituírem à força e realizava o envio de parte do dinheiro ganho.

A Polícia também informou que as autoridades brasileiras pediram a retenção dos presos na Itália para posterior extradição.

Um agente brasileiro foi à Itália para cooperar com a operação, em virtude do acordo assinado entre os dois países em 31 de janeiro.

EFE alg/wr/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG