Operação em Curaçao detém 17 por tráfico de drogas em conexão com Hisbolá

Port of Spain, 29 abr (EFE).- Uma operação policial deteve 17 pessoas em Curaçao por supostamente terem cometido crime de tráfico de drogas em conexão com a organização terrorista Hisbolá, informou hoje a Polícia dessa ilha caribenha.

EFE |

Carlos Casseres, chefe da Polícia de Curaçao, disse em entrevista que entre os detidos há pessoas do país, de Cuba, Colômbia, Líbano e Venezuela.

Ele explicou que parte do dinheiro obtido com a venda de droga supostamente estava destinado a apoiar grupos vinculados ao Hisbolá e era canalizado através de bancos do Oriente Médio.

"Grandes quantidades de dinheiro do narcotráfico inundaram o Líbano, de onde foram feitos pedidos de armas que deviam ser enviadas a partir da América do sul", disseram as autoridades holandesas em comunicado divulgado em Curaçao. EFE mh/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG