Operação dos EUA prende centenas de narcotraficantes

Operação Herói Caído-Bombardier foi deflagrada após a morte de um agente americano no México, há dez dias

AFP |

Uma operação contra os cartéis das drogas deflagrada pelas autoridades dos Estados Unidos já deteve quase 700 traficantes, informou nesta sexta-feira um porta-voz dos chefes de polícia, Alfredo Perez.

Até o início da noite de hoje foram realizadas 676 detenções, disse Perez à AFP a partir de Houston.Segundo o porta-voz, os agentes apreenderam ainda 18 toneladas de maconha, 467 quilos de cocaína, 282 armas e 94 veículos.

A Operação Herói Caído-Bombardier foi deflagrada após a morte de um agente americano no México, há dez dias.A ação, que teve início nesta quinta-feira, se concentra nos Estados Unidos, mas também envolve ações no Brasil, Colômbia e América Central, revela um comunicado do Bureau Federal de Investigações (FBI).

"Este esforço coordenado mostra que o agente especial do ICE (Alfândega e Imigração) Jaime Zapata não será esquecido", destaca o FBI.Zapata foi assassinado em 15 de fevereiro passado, em uma estrada do estado mexicano de San Luis Potosí, por pistoleiros do cartel Los Zetas.

"Este assassinato é um assunto pessoal para o ICE, mas estamos detendo membros de quadrilhas multinacionais e narcotraficantes que têm vínculos com os cartéis mexicanos devido a sua atividade criminosa, e não apenas como represália", explicou Robert Rutt, agente especial do ICE em Houston.

O México anunciou na semana passada a prisão do pistoleiro que liderou o ataque contra o agente Zapata e um companheiro, que ficou ferido.O pistoleiro Julián Zapata "El Piolín" foi apresentado na quarta-feira como o líder da célula do cartel de Los Zetas que atacou os agentes do ICE.

    Leia tudo sobre: EUAMéxicodrogas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG