Operação Herói Caído-Bombardier foi deflagrada após a morte de um agente americano no México, há dez dias

Uma operação contra os cartéis das drogas deflagrada pelas autoridades dos Estados Unidos já deteve quase 700 traficantes, informou nesta sexta-feira um porta-voz dos chefes de polícia, Alfredo Perez.

Até o início da noite de hoje foram realizadas 676 detenções, disse Perez à AFP a partir de Houston.Segundo o porta-voz, os agentes apreenderam ainda 18 toneladas de maconha, 467 quilos de cocaína, 282 armas e 94 veículos.

A Operação Herói Caído-Bombardier foi deflagrada após a morte de um agente americano no México, há dez dias.A ação, que teve início nesta quinta-feira, se concentra nos Estados Unidos, mas também envolve ações no Brasil, Colômbia e América Central, revela um comunicado do Bureau Federal de Investigações (FBI).

"Este esforço coordenado mostra que o agente especial do ICE (Alfândega e Imigração) Jaime Zapata não será esquecido", destaca o FBI.Zapata foi assassinado em 15 de fevereiro passado, em uma estrada do estado mexicano de San Luis Potosí, por pistoleiros do cartel Los Zetas.

"Este assassinato é um assunto pessoal para o ICE, mas estamos detendo membros de quadrilhas multinacionais e narcotraficantes que têm vínculos com os cartéis mexicanos devido a sua atividade criminosa, e não apenas como represália", explicou Robert Rutt, agente especial do ICE em Houston.

O México anunciou na semana passada a prisão do pistoleiro que liderou o ataque contra o agente Zapata e um companheiro, que ficou ferido.O pistoleiro Julián Zapata "El Piolín" foi apresentado na quarta-feira como o líder da célula do cartel de Los Zetas que atacou os agentes do ICE.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.