Operação dos EUA no Afeganistão termina com um civil morto

Cabul, 13 jun (EFE).- Um civil e diversos insurgentes morreram em uma operação das tropas americanas na província afegã de Paktia, informou hoje o comando dos Estados Unidos no Afeganistão.

EFE |

Segundo um comunicado, a operação, lançada na última quinta-feira contra supostos refúgios talibãs, tinha como objetivo a captura de dois membros da insurgência, supostamente encarregados de "facilitar ataques" contra o Governo afegão e as forças americanas.

Durante a operação, executada no distrito de Zurmat, os rebeldes dispararam contra os soldados, que responderam ao ataque com armas de fogo e um bombardeio aéreo no qual morreram vários militantes.

No bombardeio morreu também uma mulher, que segundo o comando se encontrava no mesmo edifício dos insurgentes.

As forças do Exército destruíram um arsenal de armas composto de fuzis, pistolas e munição, para prevenir seu possível uso no futuro.

Além disso, as forças internacionais bombardearam e destruíram uma base talibã repleta de munição e explosivos na província oriental de Ghazni, embora sem deixar mortos.

Os combates entre as forças internacionais e afegãs e a insurgência talibã são constantes, especialmente na região sul do Afeganistão, onde os talibãs têm maior presença.

No Afeganistão morreram mais de 1.300 pessoas vítimas da violência neste ano, tanto em ataques e atentados talibãs quanto em operações das forças internacionais. EFE nh/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG