Operação do Exército deixa 18 insurgentes e 3 soldados mortos

Islamabad, 30 jun (EFE).- Pelo menos 3 soldados e 18 fundamentalistas morreram durante as últimas 24 horas em várias áreas do norte do Paquistão nas quais o Exército realiza uma operação contra a insurgência talibã, informou hoje o comando militar, em comunicado.

EFE |

Segundo a nota, as forças de segurança paquistanesas mataram 16 "terroristas" no Vale de Swat, principal cenário da ofensiva, onde também morreram três militares e outros cinco ficaram feridos, em uma zona que ainda não foi controlada pelas tropas.

Na demarcação adjacente de Alto Dir, uma milícia tribal matou dois fundamentalistas.

Além disso, o Exército e as milícias tribais detiveram 23 supostos insurgentes nestes dois distritos.

A operação em grande escala que as forças de segurança iniciaram no final de abril no norte do país matou, até o momento, mais de 1,6 mil talibãs e cerca de 100 soldados, segundo cálculos militares, que não têm comprovação independente e não incluem dados de civis.

A ofensiva está em sua "fase final", de acordo com as autoridades.

O Exército também lançou recentemente uma operação contra o líder dos talibãs paquistaneses, Baitullah Mehsud, e sua rede insurgente na região tribal do Waziristão do Sul, na fronteira com o Afeganistão.

As forças de segurança realizam regularmente bombardeios aéreos há mais de duas semanas, mas o comando militar afirma que a ofensiva ainda está na "fase preparatória" e evita comentar estas ações. EFE igb/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG