Operação detém 270 supostos insurgentes no Iraque

Bagdá, 14 mai (EFE).- As forças de segurança detiveram 270 supostos insurgentes desde o início, há duas semanas, de uma operação militar na província de Diyala, ao nordeste de Bagdá, informaram hoje fontes do Ministério do Interior iraquiano.

EFE |

As fontes disseram à Agência Efe que apreenderam 884 armas de diferentes tipos, que, na maioria, pertenciam ao Exército do antigo regime de Saddam Hussein.

A campanha militar, que entrou em vigor no início deste mês, é a segunda fase da operação que começou no ano passado e que levou à detenção de cerca de 65 supostos rebeldes em diversas áreas dessa província, na fronteira com o Irã.

A ofensiva atual conta com a participação de 40 mil soldados iraquianos e membros dos Conselhos da Salvação, formados por tribos sunitas, que atuam com o apoio das tropas americanas.

A província de Diyala, junto com a de Ninawa, é um dos últimos redutos da organização terrorista da Al Qaeda no Iraque. EFE am/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG