Operação da Otan no Afeganistão provoca morte de 50 civis

Governador da província de Kunar informa que mulheres, crianças e idosos foram atingidos

AFP |

Pelo menos 50 civis, entre mulheres, idosos e crianças, foram mortos em uma operação das forças da Otan no Afeganistão, no leste do país, segundo o governador da província de Kunar. Em comunicado, a Otan indicou estar disposta a "enviar uma equipe de investigação para apurar as acusações".

"Ao todo, 63 pessoas morreram", a maioria nos bombardeios aéreos dirigidos contra supostos insurgentes, disse o governador Fazlullah Wahidi, indicando haver entre as vítimas – além de 13 insurgentes – pelo menos 20 mulheres, 27 crianças e jovens entre 7 e 20 anos e três idosos. Wahidi destacou que as operações militares continuam no distrito de Ghaziabad.

    Leia tudo sobre: AfeganistãoconflitoOtancivis

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG