Operação contra milícias no RJ detém 41, sendo 19 policiais

Rio de Janeiro, 9 jun (EFE).- Pelo menos 41 pessoas foram detidas hoje, entre elas 19 policiais, na maior operação conjunta realizada pelas Polícias Civil e Militar do Rio de Janeiro contra as milícias que atuam na Zona Oeste.

EFE |

A operação, que segue e que foi ordenada por juízes, prevê a detenção de outras 25 pessoas acusadas de fazer parte da milícia conhecida como Liga da Justiça, uma das maiores que atuam no Rio e que é acusada de cometer pelo menos 30 assassinatos.

As ações contra os milicianos estão concentradas em Campo Grande e Acari, cujas favelas são dominadas pela Liga da Justiça.

Entre os detidos até agora estão 16 policiais militares e três policiais civis.

Entre as ordens de captura emitidas há 24 contra policiais militares, cinco contra policiais civis, uma contra um bombeiro e uma contra um guarda carcerário.

Participam das operações cerca de 250 agentes de 22 divisões da Polícia Civil e 190 policiais militares. EFE cm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG