La Paz, 3 jun (EFE).- Agentes de Polícia brasileiros e bolivianos apreenderam 1.

337 quilos de droga na fronteira dos dois países, informou hoje uma fonte oficial.

A operação fez parte do plano "Bra-bo I", organizado pelas forças antidrogas brasileira e boliviana entre 25 de março e 4 de abril, e cujos resultados representaram um golpe econômico às quadrilhas que supera os US$ 3 milhões.

O comandante da Força Especial de Luta contra o Narcotráfico (FELCN) da Bolívia, Óscar Nina, afirmou que nas 30 ações realizadas principalmente na região de Santa Cruz, leste, foram confiscadas 740 quilos de pasta base e 414 quilos de cloridrato de cocaína, o que totaliza 1.154 quilos de droga.

"Se essa droga tivesse chegado ao Brasil, valeria US$ 9,5 milhões. Se chegasse aos Estados Unidos, US$ 23 milhões, e se chegasse à Europa, US$ 40 milhões", afirmou ministro de Governo boliviano, Alfredo Rada.

Já o coordenador do plano em território brasileiro, Humberto Ramos, afirmou que foram realizadas 24 operações no Acre, em Rondônia e no Mato Grosso, próximos à fronteira com a Bolívia.

A Polícia Federal (PF) conseguiu confiscar 31 quilos de pasta base e 32 quilos de cloridrato de cocaína, totalizando 183 quilos da droga.

No total, o golpe ao tráfico no Brasil foi de US$ 514.075. EFE gb/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.