SÃO PAULO - A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) deixou praticamente inalterada sua previsão para a demanda por petróleo neste ano, de crescimento de 950 mil barris por dia, ou 1,1%, para 85,4 milhões de barris diários. "Apesar de a recuperação econômica dar sinais de melhoria, riscos importantes permanecem e podem ter impacto nas expectativas de aumento da demanda neste ano", observou o cartel em relatório mensal divulgado nesta terça-feira.

SÃO PAULO - A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) deixou praticamente inalterada sua previsão para a demanda por petróleo neste ano, de crescimento de 950 mil barris por dia, ou 1,1%, para 85,4 milhões de barris diários. "Apesar de a recuperação econômica dar sinais de melhoria, riscos importantes permanecem e podem ter impacto nas expectativas de aumento da demanda neste ano", observou o cartel em relatório mensal divulgado nesta terça-feira. Antes, o organismo esperava que a demanda subisse em 900 mil barris diários. (Juliana Cardoso | Valor, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.