Onze pessoas morrem em choque entre milicianos e forças de segurança em Bagdá

Bagdá, 25 abr (EFE).- Pelo menos onze pessoas morreram e 40 ficaram feridas em intensos confrontos que começaram na quinta-feira à noite no bairro de Cidade de Sadr, em Bagdá, de seguidores do clérigo xiita Moqtada al-Sadr contra forças iraquianas e americanas.

EFE |

Segundo fontes médicas, muitas das vítimas dos combates - que duraram até a manhã de hoje - são mulheres e crianças.

As fontes disseram que um hospital de Cidade de Sadr recebeu nove cadáveres e 40 feridos, e dois corpos foram levados a outro centro médico no mesmo bairro.

Cidade de Sadr, situado no leste de Bagdá e habitado por mais de dois milhões de pessoas, se transformou no principal reduto da milícia Exército Mehdi, fiel ao clérigo Moqtada al-Sadr.

Horas depois destes confrontos, o clerigo xiita pediu que seus seguidores mantenham a calma e continuem fiéis ao compromisso com o cessar-fogo que o clérigo decretou unilateralmente em agosto, e que voltou a renovar em fevereiro. EFE ah/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG