Madri, 22 mai (EFE).- A primeira vice-presidente do Governo espanhol, María Teresa Fernández de la Vega, confirmou hoje que 11 militares de uma base da província de Madri estão com gripe suína.

Outros 57 militares estão sob observação, acrescentou María Teresa, que quis transmitir uma mensagem de "serenidade e tranquilidade" à população.

Um quartel militar situado na localidade de Hoyo de Manzanares foi colocado em quarentena diante da suspeita de um foco de gripe suína e, segundo o prefeito dessa localidade, 600 militares permanecem isolados no local.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE nac/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.