Onze guerrilheiros do ELN se desmobilizam no sul da Colômbia

Bogotá, 8 ago (EFE).- Onze guerrilheiros do Exército de Libertação Nacional (ELN) desertaram no sul da Colômbia e, após andarem por vários dias seguidos pela floresta, entregaram-se às autoridades colombianas, informaram hoje fontes policiais.

EFE |

O comandante do Departamento de Polícia de Nariño, coronel William Montezuma López, disse a jornalistas que a entrega se completou em três casarios deste departamento fronteiriço com o Equador.

Acrescentou que sete guerrilheiros se entregaram na jurisdição de Guachavéz, um em Roberto Payán e os três restantes em Samaniego.

Segundo o comandante da Brigada 23 do Exército da Colômbia, a entrega aconteceu depois que esta foi coordenada pela Defensoria Pública e pela Procuradoria, e com isso se comunicaram com os rebeldes, até que aceitaram depor as armas.

Esclareceu que a maioria dos agora desmobilizados estava há mais de dez anos nas fileiras rebeldes.

O coronel explicou que, como prometeu o Governo colombiano, os desmobilizados entrarão no programa de reinserção que os capacita e os ajuda a se integrar à sociedade. EFE ocm/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG