Pequim, 2 dez (EFE).- Onze estudantes do ensino médio morreram e outra permanece em estado grave devido à inalação de monóxido de carbono em uma escola da província chinesa de Shaanxi, informou hoje a agência oficial de notícias Xinhua.

As estudantes se intoxicaram durante a noite da segunda-feira, enquanto tentavam acender fogo para aquecer seu quarto na escola de ensino médio Duiziliang, na cidade de Yulin.

O vice-governador da província, Zhu Jingzhi, foi até a escola acompanhado de outros responsáveis regionais dos departamentos de Saúde e de Educação para investigar o fato. EFE jt/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.