Onze colombianos estão na fila da extradição dos Estados Unidos

Bogotá, 29 mai (EFE).- As autoridades colombianas detiveram 11 supostos membros de uma rede de lavagem de ativos procedentes do narcotráfico que são reivindicados em extradição pelos Estados Unidos, informou hoje a Procuradoria Geral.

EFE |

Os detidos eram vinculados ao grupo do narcotraficante "Comba" ou "Combatente", apelido de Luis Enrique Calle Serna, disse a entidade judicial, assinalando que os 11 são processados pela lavagem de cerca de US$ 100 milhões.

Duas mulheres e nove homens formam o grupo de extraditáveis, que foram detidos na quinta-feira durante uma batida da Promotoria que recebeu o apoio do Departamento Administrativo de Segurança (DAS, estatal).

A promotoria explicou em comunicado que os membros desta rede de lavagem "se valiam do mercado negro, do transporte físico do dinheiro e também faziam transferências bancárias a múltiplas contas nos Estados Unidos, Europa, América Central, Canadá e México". EFE jgh/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG