NAÇÕES UNIDAS (Reuters) - A Organização das Nações Unidas (ONU) afirmou nesta terça-feira que um comitê do Conselho de Segurança eliminou cinco líderes do Taliban de uma lista de sanções, algo que o presidente do Afeganistão, Hamid Karzai, pedia. A organização disse em comunicado que a decisão foi tomada na segunda-feira e que os cinco militantes já não estariam sujeitos às proibições para viajar ou ao congelamento de bens.

(Reportagem de Louis Charbonneau)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.