ONU recomenda neutralização de grupos armados ilegais na RDC

Kinshasa, 10 fev (EFE).- O subsecretário-geral da ONU para Assuntos Humanitários, John Holmes, ressaltou a importância do combate aos grupos armados ilegais para restaurar a paz na região leste da República Democrática do Congo (RDC).

EFE |

"É preciso restabelecer a autoridade do Estado em todo o território nacional e neutralizar todos os grupos armados que operam no leste do país", disse à "Radio Okapi".

Holmes também elogiou os esforços feitos para reestabelecer a paz em Kivu Norte, no oeste, onde há atividades de rebeldes congoleses e grupos armados de Ruanda.

No último dia 2, a coalizão formada pelas Forças Armadas da República Democrática do Congo (RDC) e as Forças de Defesa de Ruanda (FAR) tomou o controle da localidade de Munzenze, considerada a principal base dos rebeldes ruandeses que atuam no leste congolês.

"Somos todos favoráveis ao restabelecimento da autoridade do Estado. Tratamos de cooperar o máximo possível com o Governo.

Estamos aqui para apoiá-lo. Esse é o objetivo da comunidade internacional", disse Holmes.

Já o ministro de Comunicação congolês, Lambert Mende, se mostrou satisfeito com os "bons resultados" das operações conjuntas e afirmou que "um número crescente de rebeldes está largando as armas". EFE py/plc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG