ONU: progessos no combate à gripe aviária no mundo

Apesar dos casos persistentes de gripe aviária em alguns países, o mundo alcança progressos na luta contra o vírus graças à ação dos governos, anunciou nesta terça-feira o coordenador da ONU contra a epidemia, David Nabarro.

AFP |

Em um balanço para a imprensa sobre a situação da epidemia e o grau de preparação dos países no caso de uma pandemia entre os humanos, Nabarri estimou que o vírus H5N1 se encontra "solidamente estabelecido" em alguns países como Indonésia, Vietnã, Bangladesh, Egito, e, em menor medida, Nigéria.

Desde o começo do ano, vários focos da doença foram descobertos também na Índia.

"Mas no resto do mundo (...) a situação melhora realmente", afirmou. "De modo geral, os países investiram massivamente para melhorar o funcionamento de seus serviços veterinários e as condições de segurança na criação de aves granjeiras".

"Isso não quer dizer que a situação esteja totalmente sob controle", mas "atualmente há bastante vigilância e reação", comemorou Nabarro, citando como exemplo um recente foco do vírus na Coréia do Sul que foi controlado graças a "uma resposta intensiva de todas as engrenagens do governo".

Nabarro disse ainda que o nível de preparação para a eventualidade de uma pandemia entre humanos depois de uma mutação do vírus estava progredindo. "Os governos do mundo estão trabalhando duro nisto", garantiu.

Entre os setores mais ativos nesta preparação, o coordenador citou o mundo das finanças e o turismo, assim como o ambiente médico em cooperação com a Organização Mundial da Saúde (OMS).

hc/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG