ONU pede mais ajuda a desabrigados por ciclone que arrasou Mianmar

NAÇÕES UNIDAS - A ONU elevou, nesta quinta-feira, para US$ 481 milhões o pedido de ajuda internacional para as vítimas do ciclone Nargis, que em maio arrasou parte de Mianmar (antiga Birmânia).

EFE |

AFP
     Cerca de 2,7 milhões ficaram desabrigadas após ciclone devastador em Mianmar

O aumento tem como objetivo consolidar a assistência humanitária aos desabrigados e assegurar fundos para a reconstrução das zonas devastadas.

Ao pedir mais ajuda, o subsecretário-geral da ONU para Assuntos Humanitários, John Holmes, disse que a comunidade internacional deve manter seu compromisso com as vítimas do pior ciclone que passou pela Ásia nos últimos 17 anos.

"Os sobreviventes desta tragédia não merecem nada menos que isso", declarou.

Holmes também agradeceu a comunidade internacional pela resposta ao primeiro pedido de auxílio, feito seis dias depois da passagem do "Nargis" por Mianmar, na madrugada de 2 para 3 de maio.

A ONU já recebeu praticamente 96% dos US$ 187 milhões solicitados na ocasião, dinheiro que, em seu maior parte, foi usado na ajuda emergencial aos mais de 2,4 milhões de desabrigados.

Os US$ 294 milhões que as Nações Unidas pedem agora vão ser gastos na distribuição de alimentos, em obras de reconstrução e em assistência ao setor agrícola.

Mais 84.530 pessoas morreram e quase 54 mil continuam desaparecidas depois que o "Nargis" arrasou, no começo de maio, o sul de Mianmar.

Leia mais sobre: Mianmar

    Leia tudo sobre: mianmar

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG