ONU pede fim do uso da força no Irã

NAÇÕES UNIDAS (Reuters) - O secretário-geral da Organização das Nações Unidas, Ban Ki-moon, fez nesta segunda-feira um apelo pelo fim imediato do uso da força contra civis no Irã e pediu às autoridades do país o respeito aos direitos civis. Um comunicado divulgado pela assessoria de imprensa de Ban disse que ele estava chocado com a violência pós-eleições no Irã, particularmente com o uso de força contra civis.

Reuters |

Manifestantes têm se reunido quase que diariamente em Teerã, desde que autoridades anunciaram que o atual presidente, Mahmoud Ahmadinejad, venceu com facilidade o seu opositor, no pleito de 12 de junho.

A TV iraniana afirmou que dez pessoas foram mortas neste sábado, e a Guarda Revolucionária prometeu nesta segunda reprimir a resistência.

O comunicado da ONU declara que Ban "está fazendo um chamado às autoridades para respeitar direitos civis e políticos, especialmente liberdade de expressão, de reunião e de acesso à informação".

"Ele faz um apelo pelo fim imediato de prisões, ameaças e uso de força", acrescentou o comunicado.

(Reportagem Patrick Worsnip)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG