ONU pede fim da discriminação contra viajantes com HIV

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, pediu nesta terça-feira o fim das restrições impostas por alguns países a viajantes portadores do vírus da Aids.

AFP |

"Peço uma mudança das leis que estigmatizam e discriminam, incluindo as restrições sobre os movimentos de pessoas que vivem com a Aids", declarou Ban na Assembléia Geral da ONU, reunida durante três dias para analisar os progressos no combate ao HIV.

Segundo um grupo de 345 ONGs, "mais de 70 países, incluindo Estados Unidos, China, Coréia do Sul, Cingapura e diversos estados do Oriente Médio, foram exortados a suspender as restrições a deslocamentos de pessoas com o HIV".

De acordo com o programa das Nações Unidas OnuAids, 74 países aplicam medidas especiais contra portadores do HIV, incluindo a indicação da doença no passaporte.

Deste total, 12 proíbem a entrada de soropositivos em seu território: Arábia Saudita, Armênia, Colômbia, Coréia do Sul, Estados Unidos, Iraque, Omã, Qatar, Rússia, Ilhas Salomão, Sudão e Iêmen.

hc/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG