ONU oferece ajuda humanitária às vítimas de terremoto na Itália

Nações Unidas, 6 abr (EFE).- A ONU entrou em contato com o Governo italiano e está preparada para oferecer ajuda humanitária às vítimas do terremoto que afetou a região central desse país, disse hoje a organização.

EFE |

A porta-voz da ONU, Michèle Montas, informou que o secretário-geral do organismo, Ban Ki-moon, está "triste pela perda de vidas humanas e a destruição" causada pelo terremoto de 5,8 graus na escala Richter, que atingiu particularmente a região de Abruzzo.

Ban expressou suas condolências aos parentes e amigos das mais de 150 pessoas, que, segundo as últimas informações, teriam morrido no terremoto, que também deixou 1.500 feridos, disse a porta-voz.

Montas acrescentou que o Executivo italiano não enviou qualquer pedido de ajuda ao organismo mundial.

A intensidade do terremoto, cujo epicentro foi situado a poucos quilômetros da cidade de L'Aquila, fez com que a zona ficasse totalmente destruída, com bairros praticamente devastados e prédios que chegaram a ser completamente derrubados.

O Governo do primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, decretou oficialmente estado de emergência na região de Abruzzo e adiou a aprovação de fundos de ajuda aos afetados até determinar com exatidão a abrangência da tragédia. EFE jju/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG