A ofensiva israelense contra o movimento islâmico Hamas na Faixa de Gaza deixou desde sábado pelo menos 57 mortos civis, entre eles 21 crianças, de um total de 320 pessoas mortas, afirmou nesta segunda-feira a ONU, citando dados obtidos de fontes médicas.

"Fizemos um levantamento de vítimas civis com fontes médicas. É de 57 mortos, entre eles 21 crianças, e pelo menos sete mulheres", afirmou à AFP Christopher Gunness, porta-voz da UNRWA, a agência da ONU de ajuda aos refugiados palestinos.

Segundo o último balanço fornecido pelo chefe dos serviços de emergência na Faixa de Gaza, Muawiya Hasanein, os ataques aéreos israelenses, iniciados sábado, deixaram ao menos 320 mortos e 1.420 feridos.

ezz/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.