ONU noticia morte de 36 civis em massacre na RDC

Kinshasa, 29 jan (EFE).- Pelo menos 36 civis foram mortos pelas Forças Democráticas para a Libertação de Ruanda (FDLR) entre as localidades congolesas de Masisi e Walikale, informou hoje a rádio da ONU, que cita como fonte um comunicado divulgado pelos milicianos Mai-Mai.

EFE |

Segundo a emissora, os combatentes hutus ruandeses saquearam os povoados de Melembe, Mianga, Katambira e Nyamimba, todos no território de Walikale, além de vilarejos de Masisi.

Os ataques aconteceram em 26 de janeiro, depois que a imprensa anunciou a adesão de vários grupos armados ao processo de paz e sua decisão deles de se integrarem às forças governamentais, disse a rádio da ONU.

Segundo o porta-voz dos Mai-Mai, Didier Bitaki, os rebeldes, com armas brancas ou armas automáticas, mataram todos os congoleses que encontraram em seu caminho.

O número de vítimas pode ser ainda mais alto, segundo Bitaki, que pediu ao Governo congolês que tome todas as medidas para garantir a segurança dos civis nas regiões em que ocorreu o massacre. EFE py/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG