ONU não confirma morte de chefe da missão no Haiti

NAÇÕES UNIDAS (Reuters) - A Organização das Nações Unidas (ONU) questionou nesta quarta-feira comentários do presidente do Haiti, René Préval, de que o chefe da missão da entidade no país, Hedi Annabi, teria morrido após o terremoto de terça-feira. Temos conhecimento das notícias atribuídas ao presidente Préval de que o (enviado especial da ONU) Annabi foi confirmado como morto no terremoto no Haiti, disse o porta-voz da missão de paz da ONU, Nicholas Birnback.

Reuters |

"Estamos em contato com a missão da ONU no Haiti, Minustah, e com a missão permanente do Haiti nas Nações Unidas, e ninguém pode confirmar essa informação", afirmou, acrescentando que a entidade está solicitando com urgência detalhes sobre os comentários de Préval.

(Reportagem de Louis Charbonneau)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG