ONU fará audiências em Gaza e Genebra sobre ofensiva israelense

Gaza, 4 jun (EFE).- A comissão da ONU que investiga as violações aos direitos humanos durante a última ofensiva israelense em Gaza organizará audiências publicas este mês na Faixa e em Genebra, anunciou hoje o presidente do grupo, Richard Goldstone.

EFE |

"Queremos que a comunidade internacional escute e veja as vozes e os rostos das vítimas", disse o juiz sul-africano em entrevista que colocou fim a uma missão de três dias em Gaza.

As audiências serão realizadas na segunda metade de junho, primeiro durante dois dias em Cidade de Gaza e depois em Genebra, sede das Nações Unidas na Europa, explicou o juiz, que já fez parte dos tribunais internacionais para a antiga Iugoslávia e Ruanda.

Goldstone ressaltou que as audiências estarão abertas não só aos desabrigados em Gaza da ofensiva israelense, que deixou pelo menos 1.400 palestinos mortos, a maioria civis, mas também às vítimas do sul de Israel dos foguetes lançados pelas milícias da Faixa, que deixaram cerca de 20 mortos em sete anos.

"Gostaríamos de fazer audições públicas em Gaza, no sul de Israel e na Cisjordânia, mas, por causa da recusa de Israel a cooperar com a missão, não temos a capacidade de cumprir esse desejo", disse o magistrado.

Goldstone explicou hoje que sua equipe se deslocou durante sua estadia em Gaza a 14 lugares diferentes e se reuniu com cerca de 70 testemunhas "familiares das vítimas", além de ter visitado escolas e o hospital do Crescente Vermelho. EFE sar/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG