ONU está preocupada com vazamentos de amoníaco e ácido sulfúrico na China

Genebra - O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) está preocupado com os vazamentos de ácido sulfúrico e amoníaco de duas fábricas na cidade chinesa de Shifang, disse hoje Elisabeth Byrs, porta-voz do Escritório da ONU para Assuntos Humanitários (Ocha).

EFE |

Byrs assinalou em entrevista coletiva que os vazamentos foram registrados em decorrência das réplicas do forte terremoto que atingiu a China em 12 de maio.

"Especialistas chineses e da ONU seguem no local avaliando a situação", acrescentou.

A porta-voz lembrou que o Governo chinês estima que as mortes causadas pelo terremoto passarão de 50 mil. Segundo os últimos números oficiais, já são quase 40 mil na província de Sichuan, epicentro do terremoto.

Byrs ressaltou que, dada a magnitude da catástrofe, que provocou a evacuação de 5,7 milhões de pessoas, "a máxima prioridade na ajuda seguem sendo as tendas de campanha" para abrigar o maior número de pessoas possível.

Por sua parte, a porta-voz do Unicef, Veronique Taveau, disse que "as crianças pagaram um alto preço, e as que sobreviveram estão extremamente vulneráveis e traumatizadas".

Ele acrescentou que, embora "seja impossível saber o número de crianças mortas pelo terremoto, 2,3 milhões delas foram afetadas de forma mais ou menos direta" pelo terremoto.

O Unicef enviou à região, entre outros materiais de ajuda, 60 mil kits escolares, mas as crianças necessitam, além de água e alimentos, de cuidados pós-traumáticos.

"Ontem, as autoridades chinesas pediram ao Unicef especialistas em situações de urgência para acompanhar uma equipe de assistentes sociais chineses que participarão de uma missão de avaliação pós-traumática e de apoio psicológico nas zonas afetadas pelo tremor, na província de Sichuan", disse Taveau.

Ele explicou que "a missão vai a trabalhar com as crianças que foram separadas de seus pais", e que terá duração de cinco dias.

    Leia tudo sobre: terremoto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG