ONU elogia acordo de diálogo entre indígenas colombianos e Uribe

Bogotá, 25 out (EFE) - A ONU recebeu hoje com satisfação a decisão do presidente colombiano, Álvaro Uribe, e das comunidades indígenas de iniciar um diálogo e pediu às partes a superar as causas que existem nas legítimas reivindicações dos nativos. Uma grande passeata indígena chegou à cidade de Cali com mais de 40 mil manifestantes que andaram desde terça-feira 100 quilômetros para se reunir, amanhã, com Uribe, exigir o fim da violência contra os povos e reclamar as terras que consideram de seus ancestrais. Um comunicado do Escritório na Colômbia do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos elogiou a iniciativa das autoridades nacionais e os representantes das comunidades indígenas do país para encontrar caminhos de diálogo. Além disso, os estimulou a alcançar acordos que permitam superar as causas conjunturais e estruturais que existem nas legítimas reivindicações dos direitos das comunidades indígenas. Para este diálogo, (...

EFE |

) chama a atenção para a importância que tem não estigmatizar os líderes indígenas nem o direito ao protesto pacífico. Neste sentido, é importante reiterar que as comunidades indígenas têm uma proteção especial na normativa nacional e internacional", ressaltou.

A ONU rejeitou também "os graves fatos de violência" e choques entre a Polícia e as comunidades indígenas nos quais morreram três nativos e pelo menos 170 pessoas ficaram feridas.

"O emprego da força e das armas de fogo pelos funcionários encarregados de fazer cumprir a lei deve ser restringido e excepcional e se conciliar o tempo todo com o devido respeito dos direitos humanos", acrescentou. EFE fer/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG