Agências da ONU e organizações não-governamentais (ONGs) pediram nesta segunda-feira fundos de emergência totalizando 58,6 milhões de dólares para milhares de civis vítimas do conflito na Geórgia.

O Bureau de Coordenação para Assuntos Humanitários da ONU (OCAH) informou que o dinheiro será usado por nove agências das Nações Unidas, entre elas o Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (ACNUR) e o Fundo para a Infância (Unicef), assim como por 16 ONGs, para ajudar cerca de 128.700 pessoas deslocadas pelo conflito na Geórgia.

Segundo o Bureau, as necessidades imediatas envolvem alimentos, saúde, abrigos temporários, água e higiene.

"Este apelo de emergência está destinado a ajudar os povos vulneráveis que estão necessitados", declarou Catherine Bragg, subsecretária-geral da ONU para assuntos humanitários.

Os Estados Unidos também analisam um projeto para destinar 1 bilhão de dólares em ajuda de emergência à Geórgia, revelou nesta segunda-feira o legislador americano Joseph Biden, ao regressar de uma visita à zona do conflito.

ga/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.