ONU e BM exigem a países do G8 resultados em combate à crise alimentícia

Toyako (Japão), 7 jul (EFE).- O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, e o presidente do Banco Mundial (BM), Robert Zoellick, pediram hoje ao Grupo dos Oito (G8, sete países mais ricos do mundo e a Rússia), reunido para uma cúpula no Japão, resultados, e não mais promessas, para enfrentar atual a crise alimentícia.

EFE |

Em entrevista coletiva conjunta, Ban e Zoellick se referiram especialmente à difícil situação econômica vivida na África, que ocupou hoje os debates do primeiro dia da cúpula do G8 em Hokkaido (norte do Japão).

Zoellick considerou que a crise alimentícia é causada por vários fatores, dentre os quais se encontram, embora não unicamente, os biocombustíveis elaborados a partir do milho.

"Não precisamos de mais promessas", apontou o secretário-geral da ONU, para quem o mundo enfrenta atualmente três crises interconectadas: a mudança climática, as emergências de desenvolvimento e a crise alimentícia.

Zoellick, por sua parte, apontou que é preciso que os líderes dos sete países mais ricos -Estados Unidos, Reino Unido, França, Alemanha, Canadá, Japão e Itália- e da Rússia alcancem "resultados" na reunião de três dias que iniciaram hoje, em um isolado hotel de Hokkaido.

"O G8 deve levar esperanças, pois não temos tempo a perder", assinalou o presidente do Banco Mundial, que pediu um aumento da assistência alimentícia, assim como o fim às restrições à importação de alimentos.

O secretário-geral das Nações Unidas pediu ao G8 que não volte atrás nas promessas que fez em cúpulas anteriores, e advertiu que o desenvolvimento da África requereria ajudas no valor de ao menos US$ 62 bilhões para o combate às doenças infecciosas.

Na reunião de Gleneagles, em 2005, o G8 se comprometeu a aumentar para US$ 25 bilhões a assistência à África até 2010, que depois seria duplicada até US$ 50 bilhões, mas há especulações de que haverá uma volta atrás nesse último acordo durante a reunião de Hokkaido. EFE psh/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG