ONU diz que mudança de Governo no Quirguistão favorecerá base militar dos EUA

Nações Unidas, 16 abr (EFE).- O emissário das Nações Unidas ao Quirguistão, Jan Kubis, disse hoje que a recente deposição do presidente do país, Kurmanbek Bakiyev, favorecerá no longo prazo a permanência da base aérea americana de Manas, que serve de apoio às tropas internacionais no Afeganistão.

EFE |

Kubis ressaltou que a opinião pública quirguiz até agora tinha se mostrado muito cética a respeito da natureza do acordo de aluguel da instalação assinado por Bakiyev com Washington.

"Não havia transparência no acordo, o que gerou muitas perguntas sobre para onde ia o dinheiro, por isso não havia uma atitude positiva sobre a base", disse, em entrevista coletiva, o diplomata da ONU, que intermediou no acordo que permitiu a saída de Bakiyev do país após sua violenta deposição.

Em contraste, o Governo provisório "prometeu que averiguará o assunto e que será claro e transparente em tudo o que for acordado", explicou. EFE jju/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG