ONU diz que ajuda alimentar tem maior baixa em 20 anos no mundo

LONDRES - A ajuda alimentar atingiu a maior baixa em 20 anos, apesar de os números da fome terem alcançado o nível mais críticos já registrado, disse uma agência da Organização das Nações Unidas (ONU) nesta quarta-feira.

Reuters |

O número de pessoas famintas vai passar a 1 bilhão neste ano pela primeira vez, disse o Programa Mundial de Alimentos da ONU (WFP, na sigla em inglês), acrescentando que enfrenta uma queda grave em seu orçamento.

Até agora a agência confirmou verba de US$ 2,6 bilhões, de um orçamento previsto para 2009 de US$ 6,7 bilhões. "Isso acontece em um momento de grande vulnerabilidade para a fome", disse em comunicado a agência.

"Milhões foram atingidos pela crise financeira mundial, os seus meios de comprar alimento são limitados pelos preços altos. Além disso, padrões imprevisíveis de clima estão causando mais fome relacionada a essas condições", disse a WFP.

Leia mais sobre fome

    Leia tudo sobre: fomeonu

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG