ONU diz que acordo de Bruxelas vai ajudar a alcançar acordo pós-Kioto

Poznan (Polônia), 12 dez (EFE).- O secretário-executivo das Nações Unidas para a Mudança Climática, Yvo de Boer, assegurou hoje na Cúpula sobre o Clima de Poznan que o acordo sobre o meio-ambiente alcançado em Bruxelas ajudará a fechar com sucesso a próxima conferência de Copenhague em 2009.

EFE |

"O acordo climático da União Européia (UE) envia uma mensagem clara às negociações em Poznan", disse de Boer em entrevista coletiva.

"É um sinal para que os países desenvolvidos tenham a coragem e a resolução que se esteve esperando em Poznan, já que mostra ao mundo que a redução de emissões para 2020 é compatível com a recuperação econômica em uma direção verde", acrescentou o dirigente das Nações Unidas.

Segundo as organizações ambientalistas como o Greenpeace a avaliação do compromisso adotado hoje pelos membros da UE foi radicalmente oposta.

Para os ecologistas, Bruxelas colocou os interesses das grandes corporações "na frente do meio-ambiente e das pessoas", o que reflete, segundo sua opinião, o pouca valor dos líderes europeus na luta contra a mudança climática.

O certo é que o compromisso europeu para mudar o modelo energético e cortar as emissões de efeito estufa está infestado de concessões aos países que colocaram mais obstáculos, como a Polônia e Itália.

A Conferência da ONU contra a Mudança Climática, que termina hoje em Poznan (Polônia), deve sentar as bases para fechar em 2009 um novo Protocolo de Kioto. EFE nt-td/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG