ONU destaca avanços no combate à gripe aviária

Nações Unidas, 17 jun (EFE).-O coordenador das Nações Unidas para a Gripe Aviária, David Nabarro, ressaltou hoje os avanços globais na luta contra a gripe aviária, mas também enfatizou que a ameaça ainda não desapareceu.

EFE |

"É uma mensagem muito delicada, porque foi realizado um trabalho muito bom nesta matéria, mas não pensem que a ameaça desapareceu", garantiu Nabarro, que concedeu uma coletiva de imprensa hoje.

O cientista britânico confirmou que a doença está praticamente concentrada em cinco países, embora tenham ocorrido surtos em outras regiões do planeta.

"Isso não quer dizer que a situação em nível global esteja totalmente sob controle, ainda temos alguns países onde (a doença) fincou raízes, mas, significa que no resto do mundo há grande vigilância e ações são tomadas", disse.

Segundo os dados mais recentes da Organização Mundial de Saúde, só Bangladesh, China, Egito, Indonésia e Vietnã apresentaram casos da doença em 2008.

Nabarro atribuiu o progresso na contenção da doença e a rápida reação aos surtos surgidos em outros países aos grandes investimentos públicos desde sua aparição, em 2005.

O coordenador afirmou que, desde então, mais de US$ 2,7 bilhões foram destinados à melhora dos serviços sanitários e dos mecanismos de segurança biológica à criação aviária.

Estas medidas permitiram que Governos como os da Coréia do Sul atuassem com rapidez quando apareceram focos em alguns pontos de seus países. EFE jju/bm/plc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG