ONU designa ex-presidente Bill Clinton emissário especial para o Haiti

O ex-presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton, foi designado pelo secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, emissário especial da ONU para o Haiti, confirmou nesta terça-feira a porta-voz do organismo, Marie Okabe.

AFP |

"Esta nomeação se inspira no compromisso intenso assumido por Clinton em relação à causa do Haiti, quando estava na Casa Branca e mais recentemente quando fez um apelo à ação, em setembro de 2008", declarou Okabe.

Em seu novo papel, o ex-presidente democrata "ajudará a transmitir energia e dinamismo aos esforços de reconstrução social e econômica do Haiti", com atenção particular à seleção de novos parceiros e de novas ações do setor privado, da sociedade civil e dos doadores, acrescentou.

Bill Clinton há havia desempenhado um papel de emissário especial da ONU quando foi encarregado de coordenar os esforços de reconstrução após o tsunami que devastou vários países do sul da Ásia, no final de 2004.

O ex-presidente também mantém um elogiado programa de ajuda filantrópica ao Haiti, através da fundação Iniciativa Global Clinton, IGC.

O aumento no preço dos alimentos, no ano passado, foi motivo de uma série de protestos que resultaram em pelo menos seis mortos e na queda do premier Jacques Edouard Alexis. Também no ano passado, a temporada de furacões deixou mais de 900 mortos, destruindo a já precária infraestrutura do Haiti.

hc/chv/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG