ONU denuncia que dinheiro da droga salvou vários bancos da crise

Viena, 26 jan (EFE).- Em um mercado financeiro em crise e carente de liquidez o narcotráfico serviu para resgatar alguns bancos do colapso ao atuar como fonte de capital líquido, afirma o diretor do Escritório da ONU sobre Drogas e Crime (UNODC), o italiano Antonio Maria Costa.

EFE |

Em entrevista publicada hoje pelo semanário austríaco "Profil", Costa afirma que o dinheiro da droga se introduz no circuito da economia legal até tal ponto que "há indícios de que alguns bancos se salvaram desta forma" do colapso provocado pela crise financeira mundial.

Embora reconheça que é difícil provar isto e não menciona nome de instituições, o italiano denuncia que alguns empréstimos interbancários foram financiados com dinheiro procedente do tráfico de drogas e de outras atividades ilegais.

A UNODC, com sede em Viena, conta com um programa próprio contra a lavagem de dinheiro.

Segundo Costa, hoje em dia o dinheiro proveniente do narcotráfico é "o único capital líquido de investimento disponível" para, por exemplo, adquirir propriedades imobiliárias.

O alto diplomata da ONU lembra que no segundo semestre de 2008 a falta de liquidez foi o principal problema do sistema financeiro mundial, o que transformou o capital líquido em um fator muito importante. EFE as/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG