Tamanho do texto

Uma equipe das Nações Unidas indicou nesta terça-feira que reuniu provas convincentes de que 90 civis, entre eles 60 crianças, morreram na sexta-feira em um bombardeio aéreo da força internacional liderada pelos Estados Unidos no Afeganistão.

"A investigação da missão das Nações Unidas no Afeganistão reuniu provas convincentes, fundadas em especial em depoimentos, sobre a morte de 90 civis, entre eles 60 crianças, 15 mulheres e 15 homens", indicou em um comunicado Kai Eide, representante especial do secretário-geral da ONU.

A coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos reconheceu nesta terça-feira que cinco civis morreram nesse bombardeio.

thm/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.